Portal Voz do Brasil

Conteúdo faz toda a diferença

Últimas notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

20 de mar de 2017

Polícia afirma que Idoso estuprava crianças durante ritual de magia negra no Tocantins.

Segundo informações do delegado responsável pelo caso Dr José Antonio da Silva, as crianças que foram estupradas por um idoso no município de Porto Nacional, região central do estado do Tocantins, fizeram parte de um ritual de magia negra. Segundo as investigações, uma mulher teria contratado o ritual e usado as filhas de suas amigas e parentes como sacrifício.

"Uma das das vítimas é é afilhada dela. Ela deu a desculpa para a avó que iria levar ela porque fazia muito tempo que não saía com ela", contou o delegado. Ele acrescentou que em outros casos teria pedido o auxílio das meninas em faxinas e acompanhamento em consultas médicas. Uma das vítimas chegou a ser estuprada sete vezes. 

O delegado informou que foram feitos exames que comprovaram os estupros e que os depoimentos das vítimas e a descrição do local onde o crime aconteceu são consistentes. As quatro meninas descreveram um sofá vermelho onde os crimes teriam acontecido no consultório do idoso.

Após os crimes, o idoso ameaçava as crianças. De acordo com os depoimentos, ele teria dito que 'espíritos' matariam as crianças e as famílias delas se elas contassem o que tinha acontecido. Quando as crianças desconfiavam do poder espiritual dele, as ameaças se tornavam diretas.

O caso

Um homem e uma mulher foram presos suspeitos de estuprar ao menos quatro crianças. As vítimas são de Nova Rosalândia, região central do Tocantins, e têm entre 9 e 11 anos. Os crimes aconteceram ao longo de várias semanas em Porto Nacional.

O homem suspeito tem 64 anos. Segundo a polícia, todas as vítimas são meninas e teriam sido estupradas mais de vez. Uma delas relatou que foi violentada por sete vezes, segundo a SSP.

Uma mulher de 34 anos também é suspeita de envolvimento no crime. Ela foi presa na última sexta-feira (10) e já está na Unidade Prisional Feminina de Lagoa da Confusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Digite seu comentário

Siga-nos no Facebook

Post Top Ad

Your Ad Spot

INÍCIO