Portal Voz do Brasil

Conteúdo faz toda a diferença

Últimas notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

1 de abr de 2017

Criminosos roubam agência bancária e fazem reféns em Dom Eliseu, PA

Na noite da última sexta - feira (30), cerca de 10 homens fortemente armados com armas de grosso calibre, explodiram o cofre de uma agência da Caixa Econômica Federal do município de Dom Eliseu - PA. Durante a fuga os bandidos fizeram reféns e trocaram de tiros com agentes da Polícia Civil, que no momento da ação faziam uma operação no município, mas os criminosos conseguiram fugir.

De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha chegou no local para praticar a ação criminosa em dois veículos e por volta das 23h45 usaram dinamentes para explodir o cofre e caixas eletrônicos. A ação durou aproximadamente 40 minutos. Todos os integrantes do grupo usavam capuz e roupas análogas as usadas pelas forças armadas.


Os criminosos explodiram a porta da frente da agência bancaria e instalaram explosivos em quatro caixas eletrônicos e no cofre que fica na tesouraria. Os explosivos foram detonados e o grupo arrombou o cofre e dois caixas, os outros dois não abriram.

Seundo a polícia, o grupo pegou tudo que foi possível dentro da agência da Caixa. Na fuga, eles abordaram pessoas que estavam em uma pizzaria que fica localizada próximo ao local e levaram sete pessoas como reféns, sendo três funcionários da pizzaria, três clientes e uma pessoa que estava em uma caminhonete, usada para levar parte dos reféns.

A vítima foi obrigada a dirigir o carro, junto com os outros dois veículos na saída do município, pela rodovia Belém-Brasília.

O bando se deparou com policiais civis que faziam uma operação policial. Houve troca de tiros, mas os policiais, que estavam em menor número, decidiram recuar quando perceberam que havia reféns.

Os criminosos pegaram a BR-010 no sentido Ulianópolis. Cerca de 1 km depois de Dom Eliseu, os homens liberaram uma mulher e atearam fogo em um dos veículos, deixando o mesmo atravessado na pista. O restante dos reféns foi liberado cerca de 10 km do local. O grupo fugiu em direção ao sul do Pará.

A Caixa Econômica Federal informou que informações sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente à polícia, e que contribui integramente com as investigações das autoridades.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Digite seu comentário

Siga-nos no Facebook

Post Top Ad

Your Ad Spot

INÍCIO